30/01/17

Iniciativa Pro Bono em parceria com empresas de marketing traz benefícios para a Central de Associações da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Município de Poconé

Inovação em projetos com impacto social, a parceria foi estabelecida com as empresas QBrand e Zoom Filmes – a primeira na concepção da marca dos produtos da CAAFESP e a segunda com o registro audiovisual do projeto.

Foto: Nelson Andreatta/QBrand

A Central de Associações da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Município de Poconé (CAAFESP), foi estabelecida para gerir a unidade de processamento de frutas e verduras do Distrito de Cangas. Com o objetivo de representar as 19 associações que cultivam frutas, legumes, verduras e plantas medicinais, derivados do leite e da cana-de-açúcar, beneficia cerca de 650 famílias da região.

Com o propósito de agregar valor à produção local, reduzindo a atuação de intermediários, foram estabelecidas parcerias com empresas de marketing que possam apoiar o processo de comercialização dos produtos: a QBrand – agência de branding e a Zoom Filmes – produtora de vídeo. Da parceria entre a Organização Internacional do Trabalho e essas duas agências, surgiu a iniciativa de contribuir para o desenvolvimento da região por meio da criação de marcas mais fortes para os seus produtos, a fim de torná-los competitivos no mercado, estreitando a relação com o consumidor final.

“É preciso acabar com a ideia de que o marketing é voltado apenas para o consumismo. Entendi que o nosso trabalho aqui, como agência de branding, contribui para o empoderamento do indivíduo e para o fortalecimento das organizações comunitárias”, disse Nelson Andreatta, CEO da QBrand, sobre a experiência com a CAAFESP.

Para iniciar o processo de construção da marca, a consultora da OIT, Simone Ponce, desenvolveu uma metodologia inovadora em projetos com impacto social denominada “Branding Comunitário”, quando os próprios associados construíram com pinceis, revistas e cartolinas os elementos do posicionamento da marca.

Foto: Marcelo Augusto/Zoom Filmes

Com esta construção em mãos, a QBrand visitou a comunidade para compreender o mix de produtos e conhecer os produtores. “Foi fundamental esse contato pessoal para entendermos a essência do que eles pretendiam passar com suas marcas.” – completou Nelson. Estão sendo desenvolvidos diversos materiais, como nome comercial, logotipos, materiais de papelaria, rótulos e outros recursos para garantir uma marca forte e competitiva para os produtos.

Para realizar o registro desse momento, a Zoom Filmes, na figura do diretor geral Marcelo Augusto, filmou o laboratório de Branding Comunitário e do trabalho da Central, contando a história do CAAFESP pelo viés institucional e com um material produzido exclusivamente para eles. Durante as filmagens, o que mais o surpreendeu foi, sem dúvidas, a dedicação, e a experiência de vida que os associados detém. “O que mais chamou nossa atenção foi o interesse deles na produção, o conhecimento sobre o que fazem e também a noção do potencial da marca deles. ” – citou.

Para ambas as empresas, participar dessas iniciativas é bastante gratificante e permite o compartilhamento dos conhecimentos em prol de um bem maior. “É um trabalho pro bono, sem remuneração financeira. Mas sem dúvidas o benefício social é enorme, porque retorna para a sociedade como uma ação positiva. É a nossa forma de contribuir para o desenvolvimento comunitário, destacou Marcelo, que com a Zoom Filmes já havia participado de iniciativas semelhantes em apoio ao MT Mama e Hospital do Câncer.

As duas agências reforçam a importância de que outras empresas participem de iniciativas como esta, favorecendo a contribuição social. “Estamos no início de um movimento muito importante para a humanidade.”– completou Nelson, entusiasmado.

A OIT (Organização Internacional do Trabalho), apoia o desenvolvimento socioeconômico de comunidades do interior do Mato Grosso para garantir a geração de renda e evitar o deslocamento da população para outras cidades, incentivando o crescimento de suas regiões de origem. Esse trabalho é fundamental para resgatar a autoestima dos trabalhadores, evitar que eles se submetam a situações degradantes e gerar impacto social na região. Neste sentido, esta iniciativa reforça também o compromisso com a preservação da natureza e a sustentabilidade por meio da produção de alimentos orgânicos, saudáveis e prontos para a comercialização.

Assessoria/Forest Comunicação

Comentários

  • Devanil Rosa Fernandes( Presidente Plampantanal) says: 30 de janeiro de 2017 às 23:31

    Parabéns a OIT, e seus organizadores, fico hiper feliz por isso.

  • Patricia Rodrigues says: 1 de fevereiro de 2017 às 11:14

    Parabéns pela ação, que certamente além de promover conhecimento, fortalece a identidade da comunidade e auto estima. Reflexos que serão observados na maneira como estes se relacionam com o trabalho e seus frutos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *